/> JB NOTÍCIAS: Pantanal

DESTAQUES

Tecnologia do Blogger.

ELEIÇÕES 2020

GIRO POLICIAL

BOM CONSELHO

COVID 19

FATOS E FOTOS

ECONOMIA

EDUCAÇÃO

SAÚDE

SERVIÇOS

TURISMO

MEIO AMBIENTE

COLUNA ENSAIO GERAL

COLUNA OPINIÃO

COLUNA VLV ADVOGADOS

Operação Focus investiga origem das queimadas no Pantanal


Técnicos do Instituto de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul, da Perícia Técnica da Secretaria de Justiça e Segurança Pública do estado, agentes da polícia civil e soldados do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar visitam 35 fazendas das regiões de Nabileque e Nhecolância para identificar origem dos focos de queimada nas propriedades e punir os responsáveis em casos propositais.

Os agentes envolvidos na operação fazem levantamento da área queimada e verificam os indícios da origem do fogo, se estão condizentes com as imagens de satélite. Dados do Instituto de Pesquisas Espaciais revelam que 2020 é o pior ano da história do bioma em número de focos de incêndio. São 22 mil focos de calor neste ano, sendo mais de 5 mil apenas em setembro. 

Fonte: Brasil 61


Governo de Minas vai ajudar no combate aos incêndios no Pantanal

 


Um helicóptero da PMMG (Polícia Militar de Minas Gerais) e seis membros da corporação partiram em direção ao Mato Grosso do Sul, na tarde deste sábado (19), para ajudar no combate aos incêndios que assolam o Pantanal.

O bioma passa por um dos meses com o maior número de focos de queimadas, que destroem a vegetação e a vida animal do local. Nesta semana, os Estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul decretaram situação de emergência em função dos incêndios.

A equipe enviada para fazer parte da força-tarefa de combate às chamas faz parte da tripulação do helicóptero Pégasus 10. São dois pilotos, dois tripulantes, dois apoios em solo e um mecânico. Segundo a PM, a aeronave tem capacidade de lançar 540 litros de água por viagem.

Segundo a Secretaria-Geral do Governo de Minas, a ajuda foi solicitada pelo próprio governo sul-mato-grossense. A operação conta com o apoio da Polícia Militar, do Gabinete Militar do Governador e da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais.

Essa ação demonstra a união dos Estados em defesa do meio ambiente no combate aos incêndios que devastam a área. Temos a honra de servir ao povo do Mato Grosso do Sul e ajudar a operacionalizar essa missão

Comentou o governador Romeu Zema (Novo), em uma rede social, ao anunciar a autorização para a operação. Segundo o Governo de Minas, a expectativa é que a equipe mineira atue no combate aos incêndios por pelo menos 15 dias.

R7