DESTAQUES

Tecnologia do Blogger.

ELEIÇÕES 2020

GIRO POLICIAL

BOM CONSELHO

COVID 19

FATOS E FOTOS

ECONOMIA

EDUCAÇÃO

SAÚDE

SERVIÇOS

TURISMO

MEIO AMBIENTE

COLUNA ENSAIO GERAL

COLUNA OPINIÃO

COLUNA VLV ADVOGADOS

» » » » » Preço do gás de cozinha 'vai cair muito', garante Bento Albuquerque

 

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse nesta sexta-feira (7), durante participação na Live JR, que o preço do GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), popularmente conhecido como gás de cozinha, vai ficar mais barato para os consumidores brasileiros em breve.

"O preço do botijão vai cair muito porque nós estamos adotando ações para tornar a concorrência maior no setor", explicou Albuquerque aos jornalistas Celso Freitas, Christina Lemos e Eduardo Ribeiro.

De acordo com o ministro, há uma abundância do produto disponível no mercado nacional. “Se hoje nós importamos, em oito anos poderemos ser exportadores de gás natural, mas para isso precisamos de investimentos”, disse ele ao lembrar dos recordes de produção nos últimos meses.

Albuquerque revelou que o preço médio do botijão de 13 kg custa entre R$ 25 e R$ 27 nas refinarias e chega aos consumidores no valor médio de R$ 70. Questionado, ele não confirmou a afirmação do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que o preço do produto cairá de R$ 80 para R$ 60. "O Paulo Guedes é melhor em números do que eu", se esquivou.

"Muitas pessoas estocaram o botijão por causa da pandemia e o próprio revendedor se aproveitou dessa situação, mas agora o consumo já caiu um pouco", relatou o ministro para justificar o salto recente no preço de comercialização do produto.

«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre essa matéria: