DESTAQUES

Tecnologia do Blogger.

BOM CONSELHO

PREFEITURA

PERNAMBUCO

GIRO POLICIAL

CURSOS E CONCURSOS

CIÊNCIA E SAÚDE

ECONOMIA

EDUCAÇÃO

SERVIÇOS

TURISMO

COLUNA FATOS E FOTOS

COLUNA OPINIÃO

COLUNA ENSAIO GERAL

COLUNA VLV ADVOGADOS

» » » » » Avião cai no Irã com 176 pessoas a bordo


Um avião Boieng 737 caiu perto do aeroporto de Teerã, capital do Irã, nesta quarta-feira (8) com 176 a bordo. Segundo as autoridades iranianas, não há sobreviventes.

A queda do avião aconteceu poucas horas após o Irã ter disparado mísseis contra duas bases aéreas que abrigam tropas dos Estados Unidos no Iraque, em resposta à morte do general Qassem Soleimani. No entanto, não há informações sobre relação entre os dois casos.
Havia passageiros de 7 nacionalidades, de acordo com o ministro ucraniano de Relações Exteriores, Vadym Prystaiko:

82 do Irã
63 do Canadá
11 da Ucrânia (9 tripulantes)
10 da Suécia
4 do Afeganistão
3 do Reino Unido
3 da Alemanha

Qual era o trajeto do voo?
O voo 752 da Ukraine International Airlines partiu com quase uma hora de atraso, às 6h12, e tinha como destino o Aeroporto Internacional Boryspil, em Kiev, na Ucrânia.

Quem investiga o caso?
Autoridades iranianas estão coletando informações sobre o caso. A empresa Boeing escreveu, em seu perfil no Twitter, que está ciente das notícias sobre o acontecido no Irã e que está coletando mais informações.

O que aconteceu no país antes da queda do avião?
A tragédia aconteceu poucas horas após o Irã ter disparado mais de 12 mísseis contra duas bases aéreas que abrigam tropas dos EUA no Iraque nesta terça-feira (7). O Pentágono confirmou o ataque.

Segundo avaliação inicial dos Estados Unidos, os mísseis atingiram áreas da base que não eram ocupadas por americanos e não há vítimas do país.

A tensão se acirrou no país desde quinta-feira (2), quando os EUA coordenaram um ataque aéreo que matou o general iraniano Qassem Soleimani no Iraque. entretanto, não há informações sobre relação entre os dois casos.



«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre essa matéria: