DESTAQUES

Tecnologia do Blogger.

POLICIAL

PREFEITURA

CURSOS E CONCURSOS

ESPORTES

PERNAMBUCO

CIÊNCIA E SAÚDE

ECONOMIA

EDUCAÇÃO

SERVIÇOS

TURISMO

FATOS E FOTOS

VLV ADVOGADOS

COLUNA ENSAIO GERAL

COLUNA OPINIÃO

» » Desrespeito ao povo, às instituições e à democracia

Por: Piúta -
O desrespeito às regras de convivência e ao jogo democrático teve o ápice na eleição passada, na qual o país foi inundado com notícias falsas, “fake news”, disparadas contra as pessoas, as organizações e a democracia. Aliás, o que aconteceu durante a campanha foi a repetição do comportamento de Bolsonaro quando era deputado, que tinha como hábito desrespeitar a tudo e a todos.

A eleição passou, o Presidente tomou posse para, a cada dia, revelar o que todos temíamos, ou seja, a constatação de que o povo optou por um presidente que não tem a mínima capacidade para liderar o país e pior, é uma pessoa que despreza a democracia como um valor para a sociedade.

Desde que tomou posse o comportamento do Presidente é beligerante. Os taques são de toda ordem, e vão desde a perseguição aos trabalhadores e funcionários públicos até as instâncias da república como Supremo Tribunal Federal e o Congresso Nacional, com grosserias e ataques ao estado democrático de direito.

Os balões de ensaio parecem servir também para desviar a atenção do público da incapacidade atávica do Presidente que governa o país. Eles podem vir de um maluco residente nos Estados unidos que acredita que a terra é plana; de apoiadores que espalham mentiras e ataques a outros poderes ou de um dos filhos, o “Carluxo”, responsável pela página do Presidente nas redes sociais.

Os despautérios ultrapassam os limites. Nesta terça-feira ele comparou as entidades da sociedade civil, partidos políticos, imprensa, movimentos sociais, sindicatos, OAB e o STF a hienas. Um absurdo que mereceu de pronto a condenação do decano do STF Ministro Celso Mello e das organizações do país inteiro.

O abuso da família Bolsonaro parece não ter fim, nesta quinta-feira um de seus filhos, Eduardo Bolsonaro, Deputado Federal por São Paulo, ameaçou a sociedade brasileira com a volta do AI -5. Para quem não conhece, foi o AI -5 que fechou o Congresso Nacional durante a ditadura militar, perseguiu, cassou mandatos, fechou o congresso e matou pessoas, ou seja, o deputado atentou contra a democracia e as instituições do país, o que 
é crime conforme prevê a constituição.

O Presidente da República, como sempre, após a repercussão negativa e de já ter posto o que pensava na rua, veio a público dizer que não tem nada a ver com a situação e que pediria desculpas. O questionamento a faz é como as postagens saem da conta do presidente sem que ele saiba? Ora, isso não é crível pois, pelo que se sabe, tudo é feito a partir estratégias executadas pelo filho do presidente que é o responsável pela comunicação nas redes sociais, onde realiza postagens que chocam o país e, pior, repassa o que efetivamente o Presidente e seus filhos pensam, para depois ensaiar desdizer.

Diante de tantos absurdos, resta saber até quando o país irá tolerar os abusos de um clã que não tem qualquer preparo para liderar o país, que a todo momento flerta com o autoritarismo e o desrespeito à constituição.


Francisco Alexandre - piúta

«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre essa matéria: