Tecnologia do Blogger.

DESTAQUES

POLICIAL

PREFEITURA

CURSOS E CONCURSOS

ESPORTES

PERNAMBUCO

CIÊNCIA E SAÚDE

ECONOMIA

EDUCAÇÃO

SERVIÇOS

TURISMO

COLUNA ENSAIO GERAL

COLUNA OPINIÃO

FATOS E FOTOS

VLV ADVOGADOS

V-LINK PROVEDOR

RUA 13 DE MAIO,05 POR TRÁS DO SANTANDER EM BOM CONSELHO / PE
» » Naútico empata em 2x2 com o Sampaio Correa e conquista a série "C" do brasileirão


O Náutico arrancou um empate dramático em 2 x 2, neste domingo, em São Luís do Maranhão, contra o Sampaio Correia e sagrou-se campeão brasileiro da série C, primeiro título nacional conquistado pelo Timbu.

Apoiado por uma torcida fanática que acreditou até o fim, o Sampaio partiu para cima do adversário e logo aos 15 minutos do primeiro tempo conseguiu fazer 1 x 0, alimentando a esperança de reverter a vantagem dos alvirrubros, que venceram no Recife por 3 x 1.

Gol foi marcado por Everton, de fora da área, num chute em que a bola quicou no terreno e enganou o goleiro Jefferson. No primeiro tempo só deu Sampaio Correia, que, no entanto, não conseguiu ampliar. Veio a segunda etapa e o Náutico adotou outra postura, saindo um pouco da defensiva.

Deu resultado e logo nos primeiros minutos o atacante Álvaro, de cabeça, empatou o jogo. Time do Maranhão não desistiu um só momento, voltou a dominar, cabendo ao Náutico ficar novamente na defensiva. De tanto insistir, o Sampaio Correia chegou aos 2 x 1 tento assinalado pelo centroavante Salatiel, um dos artilheiros da série C.

Quando se poderia esperar que a equipe maranhense chegasse ao terceiro gol, levando a partida para os pênaltis, o Timbu fez um contra-ataque fulminante, Matheus Carvalho conduziu a bola com tranquilidade e da pequena área mandou para o fundo das redes, empatando novamente.

Mesmo assim, com a situação complicada, o Sampaio continuou valente, mandou duas bolas na trave, obrigou Jefferson a defesas milagrosas, mas apesar dos 9 minutos de acréscimo a disputa ficou mesmo em dois gols para cada lado.

Depois do apito final, jogadores e torcedores do Timbu fizeram a festa no Castelão, alguns atletas, como Jefferson, choraram de emoção e o Náutico, campeão pernambucano em 2018, voltou a levantar uma taça.


«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre essa matéria: