Tecnologia do Blogger.

DESTAQUES

VÍDEOS DO YOUTUBE

POLICIAL

EDUCAÇÃO

ECONOMIA

ESPORTES

EVENTOS

TECNOLOGIA

SAÚDE

TURISMO

SERVIÇOS

COLUNISTAS

ANUNCIANTES

ÁGUA MINERAL

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM LAVADORAS

CURSOS


Presencial com Aulas Práticas e Certificado. Seja um Profissional
» » » Morre jovem que foi submetida a transplante de coração

Faleceu na manhã desta quinta-feira (28), a jovem Ana Karolina Gama de Moraes Correia, 29 anos, que foi submetida a um transplante de coração. A morte de Karol como era carinhosamente chamada, foi confirmada pelo seu esposo, Marcos Aurélio Correia.

Segundo Marcos, ela estava entubada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um Hospital Particular, em Maceió, após ter seu quadro clínico agravado na terça-feira (26), devido a um problema pulmonar. “Ela já tinha problema pulmonar antes da cirurgia e nos últimos dias o quadro se agravou”, disse.

Marcos Aurélio disse ainda, que o transplante ocorreu dentro da normalidade, bem como as doações de sangue das quais ela precisou quase um mês depois de passar pela operação. Entretanto, como ela já estava debilitada antes mesmo de fazer a cirurgia, os outros órgãos precisavam se adaptar ao novo coração.

Em sua página pessoal no FaceBook, a jornalista Renata Alves, apresentadora do programa ‘Hoje Em Dia’ da Record TV e prima de Karol escreveu. "Difícil escrever...mas Karol descansou. Depois de lutar bravamente pela vida, hoje recebemos a triste notícia. Os órgãos de Karol pararam de funcionar, apenas o coração continuou batendo. Vá em paz, prima! Deus abençoe a vida da pequena Maria Cecília. Quando crescer, ela saberá o quanto a mãe foi guerreira, e se tornou um exemplo de amor, e solidariedade".

Natural de Palmeira dos Índios, Ana Karolina Gama de Moraes, 29 anos, foi diagnosticada com uma doença rara no coração, a miocardiopatia periparto, 48 horas depois do parto da sua primeira filha. A doação ocorreu pouco mais de um ano depois de descobrir a doença. A paciente recebeu o novo coração na tarde do dia 22 de janeiro, após ela encontrar quatro corações compatíveis e as famílias dos possíveis doadores se negarem a fazer as doações.

A família ainda não informou o local e horário do velório, assim como o sepultamento.

*Todo Segundo

«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga