Tecnologia do Blogger.

DESTAQUES

VÍDEOS DO YOUTUBE

POLICIAL

DIVERSOS

SAÚDE

ECONOMIA

ESPORTES

NOVIDADES

EDUCAÇÃO

PREFEITURA

» » » » » 70% dos médicos recentemente formados no Brasil não sabem nem sequer medir a pressão arterial do paciente!


Uma informação preocupante: 07 em cada 10 médicos avaliados pelo CRM (Conselho Regional de Medicina) de São Paulo, não sabem medir a pressão arterial do paciente, ou mesmo identificar um infarto.

Segundo a entidade, grande parte deles tem uma formação ruim.

O marido da dona Luzia morreu há 06 meses. José Carlos deu entrada no hospital com dor no peito, nos braços e no estômago, o médico receitou remédios para virose, segundo a família.

Eu falei pra ele: ‘Dr. Eu não vou deixar dar esses remédios pro meu marido, meu marido está enfartando’. Ai ele perguntou: ‘como a senhora sabe’”? Vinte minutos depois ele morreu de infarto, dentro do hospital. O médico que fez o atendimento foi demitido neste caso.

Mas não saber diagnosticar um infarto é mais comum do que se imagina!

O CREMESP (Conselho Regional de Medicina de São Paulo) divulgou hoje a avaliação dos recém-formados. O resultado é preocupante:

*Quase 70% dos mais de 3000 inscritos na prova, não conseguem identificar esse problema.

*86% erraram ao responder como seria o tratamento a uma vítima de acidente de trânsito.

*E mais grave, quase 7 em 10 médicos não sabia nem mesmo como medir a pressão arterial de um paciente.

A prova valia apenas os conhecimentos básicos que um médico precisa ter para fazer atendimento em postos de saúde, ou em um pronto socorro, por exemplo. 40% dos inscritos foram reprovados no exame.

A prova de uma maneira geral, do ponto de vista de uma análise científica da prova técnica, é uma prova de médio pra fácil. Ela avalia o conhecimento essencial que o recém-formado tem que ter pra começar a fazer medicina”. Ressaltou o coordenador do exame Cremesp, Bráulio Luna Filho.

Todas as faculdades de medicina do Estado foram avaliadas, os recém-formados das escolas privadas tiveram o pior desempenho.


«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre essa matéria: