Tecnologia do Blogger.

DESTAQUES

POLICIAL

ECONOMIA

EDUCAÇÃO

PREFEITURA

TECNOLOGIA

ESPORTES

SAÚDE

TURISMO

SERVIÇOS

COLUNISTAS

V-LINK PROVEDOR

RUA 13 DE MAIO,05 POR TRÁS DO SANTANDER EM BOM CONSELHO

MELHORES PLANOS DE INTERNET DA CIDADE

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM LAVADORAS

RUA PARAÍSO,52 -COHAB - BOM CONSELHO/PE. FONES:(87) 9.9638-9489(ZAP) / 9.8166-3600

ÁGUA MINERAL LUCINDA


» » » Jornais e Revista do País tomam partido na política fazendo politicagem!


Interessante como as principais revistas e jornais do país não encontraram outro assunto a não ser atacar o adversário do PT nesta campanha para presidente da República. Afinal, o que há de errado no candidato Bolsonaro que incomoda tanto a mídia, e o que tem para oferecer de tão positivo e protetivo para a imprensa o candidato Haddad?

Sinceramente não sei, e nem tenho interesse em saber. Mas que é estranha essa preocupação da mídia em bater maciçamente em um só candidato, isto é. Vejo alguns meios de comunicação preocupados com um suposto perigo de que seja vetada a "Liberdade de Imprensa" caso o candidato do PT não se eleja. Ora bolas, que conversa fiada! Quem disse que temos essa liberdade? Na prática, vimos a pouco tempo, emissoras de TV como a Globo sendo escrachada, encurralada, seus repórteres humilhados em praça pública por ativistas do PT, Isso era "Liberdade de Imprensa"? Agora essa mesma imprensa aparece defendendo ideias e ideologias satânicas propostas em público ou mesmo por meio de gravações de campanha feitas por alguns, e eles se dão ao luxo de esquecerem estes episódios recentes e agora aparecem de braços dados com o inimigo, se fazendo de esquecidos. Isso me parece no mínimo ESTRANHO. 

Pessoal da mídia, acordem! o trabalho de vocês é tão somente divulgar a notícia, preferencialmente, a verdade. Esta coisa de fazer politicagem, deixem para os políticos pois eles sabem fazer isso muito bem. A área de vocês não compete este tipo de inserção pois não é e nunca foi, e acho que eticamente falando, nunca será a preocupação com a pessoa de candidato A ou B. A menos que fazer jornalismo tenha mudado de segmento.

                    Tenho dito.

«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre essa matéria: