Tecnologia do Blogger.

DESTAQUES

VÍDEOS DO YOUTUBE

POLICIAL

DIVERSOS

SAÚDE

ECONOMIA

ESPORTES

NOVIDADES

EDUCAÇÃO

PREFEITURA

» » » » Polícia prende suspeito de matar o vereador Silvânio Barbosa em Maceió.

Após diligências iniciadas depois do assassinato do vereador Silvanio Barbosa, a polícia civil de Alagoas, por meio da Divisão Especial de Investigação e Captura (Deic), com o apoio da Polícia Civil da Paraíba, prendeu o autor que teria confessado o crime. O carro e demais pertences do vereador Silvânio Barbosa foram recuperados. A prisão foi realizada no Sertão da Paraíba, na cidade de Pombal, próximo ao campus da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

Segundo informações da Polícia Militar da Paraíba, o suspeito, identificado como Henrique Mateus da Silva Souza, foi abordado por policiais quando dirigia o veículo do vereador em atitude suspeita. Ele teria confessado o crime e contado detalhes do assassinato.

Henrique confessou ter cometido o latrocínio utilizando uma faca, após ter relações sexuais com a vítima, tendo premeditado todo ato. Após o crime, ele voltou à cidade de Pombal com vários bens materiais da vitima além de R$ 9.780.

Henrique teria contado também que teria iniciado uma relação com Silvânio Barbosa há cerca de 15 dias e teria observado os bens materiais no apartamento do vereador. De maneira fria ele relatou que vizinhos ainda chegaram a bater na porta no momento em que ele estava matando Silvânio. Mesmo ferido, ele obrigou o vereador a dizer que estava tudo bem. Ainda de acordo com o relato, Silvânio teria oferecido R$ 10 mil para que Henrique o deixasse vivo. Henrique fingiu que aceitou e pediu a senha do celular para chamar socorro. Após Silvânio revelar a senha, foi assassinado.

Henrique Matheus da Silva Souza, suspeito de matar o vereador Silvânio Barbosa (MDB), teria dito a policiais militares após ser preso que aplicou cerca de 50 golpes de faca na vítima com intenção de roubá-lo. A informação foi confirmada pelo tenente Sávio Cascudo, da Polícia Militar da Paraíba.

Todos os detalhes da operação e das investigações serão revelados em entrevista coletiva, às 11h desta segunda-feira, na sede da Deic.

*Tnh1

«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre essa matéria: