Tecnologia do Blogger.

DESTAQUES

COLUNISTAS

POLICIAL

DIVERSOS

SAÚDE

ECONOMIA

ESPORTES

NOVIDADES

EDUCAÇÃO

PREFEITURA

» » » Fim dos tempos....Em quem confiar?

Sexta feira dia 07/09, recebemos em nossa redação o comunicado de que *um senhor idoso havia procurado uma das rádios de Bom Conselho a fim de pedir ajuda ao programa daquele horário afirmando que o mesmo havia sido assaltado e sofrido agressão física em frente ao posto rodoviário da cidade.

Solidário ao suposto caso, o *locutor entrevistou o idoso que por sua vez repassou no ar seu local de origem e contou como supostamente havia sofrido tal agressão. Consternado com a situação, o apresentador do programa ao término do seu horário, ainda providenciou um café para o suposto agredido.

No seu relato que ficou gravado, o idoso, cujo nome não iremos detalhar no momento, falou que havia saído da vizinha cidade de Saloá/PE, com o objetivo de retirar o dinheiro de sua aposentadoria e depois passar no posto do INSS afim de resolver alguns assuntos pessoais.

Segundo ele, era por volta das 4 horas da tarde quando foi agredido e teve documentos roubados por dois indivíduos os quais ele ainda repassou as características. Disse que tinha ido até a delegacia civil de Bom Conselho prestar queixa, e que havia sido feito um Boletim de ocorrência. Ainda em seu depoimento na rádio, o Sr. Pedia ajuda para que parentes de Saloá fossem avisados do acontecido.

Reviravolta no caso

Poucas horas após a divulgação da matéria, recebemos um comunicado de que tudo aquilo que havia sido falado pela suposta vítima de assalto, era mentira, não procedia, e que ao contrário do que ele havia falado na rádio e transcrevemos aqui no JB Notícias, a verdade é que ele estava bêbado, causando transtornos em via pública e passando as mãos nas nádegas das *senhoras casadas. Devido a esse proceder imoral e correndo o risco de a qualquer momento ser agredido por alguém ou até um dos maridos destas suas vítimas, *um popular ligou para a polícia, a qual imediatamente o levou até a delegacia e lavrou um TCO contra ele. (Documento este que tivemos acesso ao seu conteúdo).

Resumindo o caso

Diante deste acontecido nos perguntamos: “Em quem devemos ou podemos confiar?”. “A quem devemos prestar ajuda”? Basta apenas ouvirmos e nos compadecer da situação prestando ajuda prática? Não queremos e não devemos influenciar as decisões tomadas por outros, principalmente no que toca a ajudar os necessitados. Porém, há uma verdade que precisa ser dita: “Existem muitos lobos vestidos em peles de ovelhas”. Portanto, todo cuidado é pouco na hora de acreditar na conversa de estranhos! E que já se foi o tempo que ter idade avançada era sinal de quem tinha vergonha! Infelizmente vivemos uma época em que as pessoas enganam na maior cara de pau, e que prestar ajuda seja lá a quem for, deve ser acompanhada de muita cautela e desconfiança, porque ninguém trás escrito na testa que é santo ou marginal.

*Os nomes foram preservados

«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre essa matéria: