Tecnologia do Blogger.

DESTAQUES

POLICIAL

ECONOMIA

EDUCAÇÃO

PREFEITURA

TECNOLOGIA

ESPORTES

SAÚDE

TURISMO

SERVIÇOS

COLUNISTAS

V-LINK PROVEDOR

RUA 13 DE MAIO,05 POR TRÁS DO SANTANDER EM BOM CONSELHO

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM LAVADORAS

RUA PARAÍSO,52 -COHAB - BOM CONSELHO/PE. FONES:(87) 9.9638-9489(ZAP) / 9.8166-3600

ÁGUA MINERAL LUCINDA


» » Timbaúba recebe oficinas que estimulam a cultura de paz


Buscando desenvolver cada vez mais uma cultura de paz, o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Timbaúba, uma das unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), está recebendo uma série de oficinas realizadas pelo Centro de Estudos Budistas Bodisatva (CEBB) Darmata, situado na zona rural do município. Com o tema “Um sopro de paz”, as atividades estão contemplando 120 funcionários divididos em oito turmas, sendo uma pela manhã e outra à tarde, ao longo de quatro dias. A ideia é que, após essa etapa, os adolescentes atendidos pela instituição também sejam beneficiados pelas ações, que estão sendo conduzidas pelos facilitadores João Petry e Vagner Cassola, do CEBB.


Durante as oficinas, realizadas no auditório do Case Timbaúba, os únicos materiais utilizados são colchonetes, aparelho de som e data show. O objetivo é realizar dinâmicas corporais de forma lúdica para sensibilizar a percepção da paz no corpo, por meio de práticas de relaxamento, jogos teatrais, exercícios de tai chi – estilo de arte marcial que utiliza a meditação em movimento –, músicas e vivências integrativas, que proporcionam um bem-estar físico e mental. As atividades estão contemplando os funcionários da unidade a partir da perspectiva do cuidado com o cuidador.


“Quando falamos sobre as práticas integrativas, estamos pensando em outras dimensões humanas. Buscar uma cultura de paz dentro da unidade vai interferir diretamente na disciplina e no equilíbrio emocional, e isso é muito válido. Porém, é necessário que os funcionários participem primeiro das oficinas para que repassem de uma maneira melhor para os meninos”, afirma a coordenadora técnica do Case Timbaúba, Maurinubia Moura.




«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga