Tecnologia do Blogger.

DESTAQUES

TV WEB JB NOTÍCIAS

POLICIAL

DIVERSOS

SAÚDE

EVENTOS

ESPORTES

NOVIDADES

EDUCAÇÃO

ELEIÇÕES 2018

PREFEITURA

» » » Idoso atira contra homem que estacionou carro em frente à sua casa, no Recife


Um idoso foi preso em flagrante após atirar contra um homem que estacionou o carro em frente à sua casa, no bairro de Afogados, na Zona Sul do Recife. O veículo foi atingido nas duas portas do lado esquerdo, onde fica o motorista, que não ficou ferido.

A Polícia Civil identificou o idoso de 80 anos, que foi autuado em flagrante na quarta-feira (29), por tentativa de homicídio. Os tiros foram contra o autônomo Luciano Lessa, de 46 anos, que estava em um Doblô branco, conversando com a esposa, a relações públicas Lenilza Siqueira, de 46 anos.

O Exército o encaminhou para um quartel no Recife, por ser militar, e o homem foi levado para audiência de custódia nesta quinta-feira (30). De acordo com o Tribunal de Justiça de Pernambuco, o idoso teve liberdade provisória concedida, como indicado pelo Ministério Público. (Veja vídeo abaixo)

Ao G1, Lenilza contou que o marido estava no bairro para instalar uma rede de TV a cabo em uma residência e estacionou em frente à casa do idoso para aproveitar a sombra, enquanto esperava pelo cliente. "Ele estava aguardando uma pessoa. Aí, estacionou em uma sombra, em frente a uma casa. Ele estava falando comigo ao telefone, quando o homem apareceu mandando ele tirar o carro", contou

Segundo a relações públicas, após a situação, Luciano saiu do local com o carro e prestou queixa na Delegacia da Mustardinha.

"O perito disse que, se a bala tivesse pego um pouco mais para frente, teria atingido meu marido no peito. Depois disso, voltamos na casa com o delegado e a polícia, mas ele se negou a abrir a porta. O delegado ameaçou pular o muro e ele respondeu que se o delegado pulasse, iria atirar", contou Lenilza.

Ainda de acordo com a esposa da vítima, vizinhos do idoso e pessoas do bairro comentaram que o idoso é conhecido por ser muito agressivo. "A gente soube que ele é muito bravo e todo mundo tem medo dele na rua", disse.

Apesar de não ter sido atingido, Lenilza falou do susto pelo qual o marido passou. "Foi uma tensão. Se ele fez isso sem nenhum constrangimento, ele pode fazer muito pior", explicou a relações públicas.

Na audiência de custódia, o idoso teve medidas cautelares expedidas, como comparecimento bimestral ao tribunal para justificar suas atividades, proibição de frequentar bares e as proximidades de onde ocorreu o crime, recolhimento domiciliar após as 22h e proibição de se ausentar da comarca em que reside.

G1PE

«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre essa matéria: