Tecnologia do Blogger.

DESTAQUES

VÍDEOS DO YOUTUBE

POLICIAL

DIVERSOS

SAÚDE

ECONOMIA

ESPORTES

NOVIDADES

EDUCAÇÃO

PREFEITURA

» » » » » CIDADE TEM PREFEITO , 5 VEREADORES E 5 SERVIDORES PRESOS


Cidade portuária e turística, terceira maior arrecadação da Paraíba, marco zero da BR-230 e com um histórico de corrupção e desvio de dinheiro sem precedentes no Estado. Assim é o município de Cabedelo, na região metropolitana de João Pessoa, alvo da operação Xeque-Mate, realizada no início de abril deste ano, que prendeu o prefeito, cinco vereadores e mais cinco servidores.

Mesmo preso, o grupo custava aos cofres públicos R$ 103 mil por mês em salários. Provocada pela população, a Câmara de Cabedelo consultou o TCE-PB (Tribunal de Contas do Estado da Paraíba), que determinou a suspensão dos vencimentos. Uma decisão liminar publicada no último dia 27 autorizou o pagamento a três vereadores afastados.
Até o momento, 26 pessoas foram denunciadas pelo MP (Ministério Público) da Paraíba por formar uma organização criminosa que teria causado prejuízo de R$ 20 milhões aos cofres públicos. Essa estimativa inclui desvios por meio de servidores fantasmas, desvalorização de obras e venda de licitações.

Na última quinta-feira (19), a Polícia Federal realizou a segunda fase da operação e cumpriu mandados de busca e apreensão em escritórios de pessoas que são suspeitas de envolvimento no esquema.
"Fiquei envergonhado, mas não surpreso"
O clima é de revolta entre os moradores de Cabedelo -- mas, a julgar pelos relatos ouvidos pela reportagem, não de surpresa.
Não é de hoje que o município de Cabedelo está no abandono. Dinheiro, a gente sabe que tem, porque a arrecadação é alta, mas a polícia mostrou que o destino era o bolso dos nossos representantes. Eu me sinto envergonhado de tudo isso, mas não fiquei surpreso. Uma hora a bomba ia estourar, graças a Deus que estourou
, disse o vendedor José Bandeira.


Da calçada de casa, o aposentado Uelson dos Santos observa os pedreiros trabalhando no calçamento da rua Vereador Benedito Ribeiro de Araújo, no bairro de Formosa. Seria um motivo para comemorar, não fosse a demora na conclusão da obra.
Daqui a pouco faremos um bolo para comemorar um ano de andamento dessa obra. Infelizmente, a situação da nossa cidade é lamentável. O que aconteceu aqui é motivo de vergonha e humilhação para todos nós

, afirmou.

Uol Notícias

«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre essa matéria: