Tecnologia do Blogger.

DESTAQUES

TV WEB JB NOTÍCIAS

POLICIAL

DIVERSOS

SAÚDE

EVENTOS

ESPORTES

NOVIDADES

EDUCAÇÃO

ELEIÇÕES 2018

PREFEITURA

» » » Prefeito do interior do Ceará é suspeito de estupro e pedofilia


O médico e prefeito de Uruburetama, região Norte do Estado, José Hilson Paiva (PCdoB), 69, é acusado de estupro e pedofilia por mulheres que se consultaram com ele. As denúncias surgiram após um vídeo do ginecologista e uma paciente fazendo sexo viralizar na internet. Nos relatos, as mulheres afirmam que só tiveram coragem de falar após a repercussão do material. 

Francisca das Chagas, uma das vítimas que têm feito vídeos denunciando o prefeito, desabafa que “há muitos anos”, ela descobriu que tinha um nódulo nos seios e, após uma consulta com o doutor Hilson Paiva, ele recomendou que ela fizesse um banho de luz. “Cheguei ao consultório e ele pediu para que eu deitasse de banda, fechasse os olhos e colocasse a língua para dentro e para fora”, foi nesse momento que ela percebeu que ele estava com o pênis fora da calça.

Outra denúncia é feita por Edvânia Teixeira Félix. Ela afirma que era paciente do ginecologista e foi vítima dele. “Ele colocava uma luz para fazer banho de luz nos seios, e colocou o pênis na minha boca e chegou a ejacular”, relata. Ela explica que não fez a denúncia antes porque era casada e tinha medo. “Eu era uma pessoa jovem e ele sempre foi influente na cidade”.

A acusação de pedofilia parte de Maria Margarida Coutinho Barroso, mãe de uma das vítimas que, na época, era menor de idade. Ela explica que quando a filha teve febre reumática, ela começou a fazer o tratamento com o médico, e foi nesse período que José Hilson começou a aliciar a menina. “Ele passava as mãos nos seios e tentava estuprar”. Maria afirma que ele usou instrumento “que não era de médico” na vagina da filha.  Na época, Maria não acreditou na filha, e desabafa: "Ela ainda tem muito mágoa de mim”.

No dia 8 de março, José Hilson registrou um Boletim de Ocorrência (B.) na Delegacia do 13º Distrito Policial (DP), em Fortaleza, no qual denunciava crime de extorsão cometido por um empresário. O parlamentar alegou que estava sendo alvo de chantagens envolvendo conteúdos pornográficos. 

Em entrevista ao CETV da última sexta-feira, 16, a esposa do prefeito, Maria das Graças Paiva, defendeu o marido e justificou que o vídeo gravado é de "dois ou três" anos atrás, quando ele ainda não era prefeito. Ela ressalta que não sabia, mas questiona:

"Qual o homem que não trai sua esposa? No Brasil eu não conheço".   O ginecologista está sob investigação sigilosa para analisar se houve eventuais crimes cometidos por ele. O Ministério Público informou que está avaliando se entra com ação civil por improbidade admnistrativa contra o prefeito. 

O POVO Online entrou em contato com a prefeitura de Uruburetama, mas as ligações não foram atendidas. A reportagem procurou a esposa do prefeito José Hilson e aguarda resposta.

«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre essa matéria: