Tecnologia do Blogger.

DESTAQUES

TV WEB JB NOTÍCIAS

POLICIAL

DIVERSOS

SAÚDE

EVENTOS

ESPORTES

NOVIDADES

EDUCAÇÃO

ELEIÇÕES 2018

PREFEITURA

» » Após aumento do gás, famílias de Maceió passam a usar lenha para cozinhar


O preço do botijão de gás liquefeito de petróleo subiu mais uma vez esta semana. Em anúncio feito na última segunda-feira (4), a Petrobras comunicou um reajuste de 8,9% e a previsão da Associação dos Revendedores de Gás de Alagoas (Argal) é de que, em alguns locais do estado, o valor do produto chegue a R$ 92. Sem condições de acompanhar o aumento dos preços, diversos moradores de áreas carentes de Maceió começaram a utilizar o fogão a lenha como alternativa para cozimento dos alimentos que têm em casa.

Este é o caso da marisqueira Maria das Dores, de 62 anos, residente no bairro do Trapiche da Barra. À reportagem, ela informou que optou pelo uso da lenha há mais de quatro meses, porque começou a criar os netos e o que ganha vendendo pescados tem sido pouco para sustentar a família. "Vivo do pouco que pesco, do que alguns vizinhos me dão e também do que eu peço às vezes na igreja. Mas não sei mais o que é um botijão de gás", contou.

Em um estabelecimento comercial no Dique Estrada, o proprietário - que não quis se identificar - informou que está segurando o preço do gás em R$ 70, mas não sabe até quando isso será possível. "O preço aumentou e minhas vendas caíram. Estou segurando o máximo que posso, mas em breve vou ter que repassar para o consumidor. Sei que aqui é um bairro carente, mas não posso arcar sozinho com esses custos", desabafou.


«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre essa matéria: