Tecnologia do Blogger.

DESTAQUES

VÍDEOS DO YOUTUBE

POLICIAL

DIVERSOS

SAÚDE

ECONOMIA

ESPORTES

NOVIDADES

EDUCAÇÃO

PREFEITURA

» » » » Vítimas de acidente em Palmeira, teriam pedido socorro após colisão


As cinco pessoas que morreram carbonizadas após colisão entre um carro de passeio e um caminhão na tarde desta quinta-feira (23), na BR-316, no município de Palmeira dos Índios, ainda teriam pedido socorro após o acidente.

Um vaqueiro que pediu para não ter sua identidade revelada, disse a reportagem do Portal Todo Segundo, que logo após a colisão as vítima clamavam por socorro. “Eu estava tangendo o gado, quando só ouvi o estouro e as vítimas gritando”, contou.

Ele disse ainda que se juntou a outras pessoas que passavam pelo local para tentar socorrer as vítimas, mas, em virtude das chamas, não conseguiram se aproximar dos veículos. "Ficamos olhando a cena, sem poder fazer nada. Logo chegou o Corpo do Bombeiros, mas já encontraram as vítimas sem vida”, completou.

Entre as vítimas estão: Tereza Rodrigues e seu filho advogado recém formado, Diego Rodrigues, 26 anos. Diego conduzia o veículo. No banco traseiro do carro, estava uma amiga do advogado por nome de Mauriceia e seus dois filhos, Lucas de 19 anos e Emanoel de 15. A identidade completa das vítimas só deve ser divulgada após a identificação dos corpos que foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.

O acidente
Informações dão conta de que o condutor do carro tipo Palio, de cor vermelha, placa de Rio Largo, teria feito uma ultrapassagem perigosa, indo de encontro ao caminhão, cujo motorista ainda tentou desviar, seguindo para o acostamento, onde houve o choque frontal, mas só perícia irá apontar as causas reais do acidente.

Com o impacto, os cinco ocupantes do carro de passeio ficaram presos às ferragens e vieram a óbito após incêndio. Já o condutor do caminhão, identificado como Cícero Menezes de Souza, conseguiu sair do veículo antes que os carros pegassem fogo.

Do Todo Segundo

«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre essa matéria: