Tecnologia do Blogger.

DESTAQUES

TV WEB JB NOTÍCIAS

POLICIAL

DIVERSOS

SAÚDE

EVENTOS

ESPORTES

NOVIDADES

EDUCAÇÃO

ELEIÇÕES 2018

PREFEITURA

» » Horário de verão começa à meia-noite deste domingo em 10 estados


Começa a vigorar à 0h de amanhã, em algumas regiões, o horário de verão, que se estenderá até 18 de fevereiro de 2018. Os moradores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão adiantar os relógios em uma hora. Dez estados e o Distrito Federal terão o horário de verão, que vai abranger Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, além da capital federal. Com isso, o horário no Leste do Amazonas e nos estados de Roraima e Rondônia ficará duas horas atrasado em relação ao de Brasília, enquanto Oeste do Amazonas e Acre ficam três horas na mesma condição.

O horário de verão foi instituído com o objetivo de permitir economia de energia no país em função do maior aproveitamento do período de luz solar. A medida foi utilizada pela primeira vez em 1931 e depois em outros anos, sem regularidade. Em 2008, ganhou caráter permanente e passou a vigorar do terceiro domingo de outubro até o terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte. O governo federal chegou a avaliar o fim do horário de verão neste ano, depois que um estudo do Ministério de Minas e Energia indicou que o programa vem perdendo efetividade.

A análise mostrou que a intensidade de consumo de energia elétrica estava mais ligada à temperatura do que ao horário, com picos nas horas mais quentes do dia. Porém, o período de estiagem que o país enfrenta, quando hidrelétricas estão com níveis de água reduzidos, vem obrigando o governo a ligar as termelétricas (de operação mais cara) e até mesmo a importar energia de outros países. Por isso o Planalto optou pela manutenção do horário de verão, que deverá ser reavaliado ano que vem.

Implantado em vários países, ele possibilita maior aproveitamento da luz do dia, fazendo com que as luzes artificiais sejam ligadas mais tarde e, assim, gerando economia. Ano passado, o país economizou 2,6 mil megawatts (MW), o que equivale a 4,5% da demanda nos horários de pico e corresponde a R$162 milhões conservados, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (NOS). Houve ganhos de 0,5% nos reservatórios das hidrelétricas das regiões Sudeste e Centro-Oeste, e de 1,2% no Sul.

«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre essa matéria: