Tecnologia do Blogger.

DESTAQUES

TV WEB JB NOTÍCIAS

POLICIAL

DIVERSOS

SAÚDE

EVENTOS

ESPORTES

NOVIDADES

EDUCAÇÃO

ELEIÇÕES 2018

PREFEITURA

» » Novo salário do prefeito de Paulo Afonso será maior que o do Presidente da República


O BA-TV, telejornal noturno da TV São Francisco, afiliada da Rede Globo veiculou reportagem sobre o aumento nos salários do prefeito, vice-prefeito, secretários e vereadores de Paulo Afonso aprovado nesta quinta-feira, dia 22, na Câmara Municipal.

O Projeto de Lei Nº 42 de 2 de dezembro de 2016, de autoria dos vereadores Marcondes Francisco (PSD), José Carlos Coelho (PRB) e Albério Faustino (PT) foi aprovado por 7 votos contra 2.

– O salário do prefeito passa de R$ 20.042,00 para R$ 33.763,00;
– O salário do vice-prefeito sobe de R$ 11.023,00 para R$ 14.830,00;
– O salário dos vereadores, secretários municipais, procurador e controlador, aumenta de R$ 10.000,00 para R$ 12.000,27 mil.

A reportagem da TV São Francisco faz um comparativo do possível novo salário do prefeito de Paulo Afonso com o do presidente Michel Temer que recebe R$ 26.723,13 e o do prefeito de Salvador ACM Neto que é de R$ 18.038,10. Segundo a matéria o prefeito eleito de Paulo Afonso, Luiz de Deus (PSD) foi procurado para saber o que ele acha do salário que poderá receber a partir de janeiro, mas não conseguiu contato.

Para entrar em vigor, o projeto precisa ser sancionado pelo atual prefeito de Paulo Afonso, Anilton Bastos (PDT).

Saiba quem votou a favor: Marcondes Francisco dos Santos (PSD); Zé Carlos do BTN (PRB); Bero do Jardim Bahia (PT), Bero do Jardim Aeroporto (PP); Pedro Macário Neto (PP); Ivaldo Sales (PSD), e Regivaldo Coriolano (PT). O presidente Petrônio Nogueira (PDT), só votaria em caso de empate.

Votaram contra: Antônio Alexandre (PMDB) e Zezinho do INSS (PTN).

Os vereadores Edson Oliveira Maciel (PP), Leda Chaves (PDT), Luiz Aureliano (PMDB), Marconi Daniel (PHS) e Manoel Carreira (PDT), justificaram suas ausências.

«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre essa matéria: