Com corda feita de lençóis, 13 adolescentes fogem de unidade da Funase na Zona da Mata de PE


Treze internos do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Timbaúba, unidade da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) na Zona da Mata Norte de Pernambuco, fugiram na noite do sábado (28). A fuga aconteceu por volta das 19h30 e os adolescentes utilizaram uma corda improvisada com lençóis para escalar um muro. Até as 10h deste domingo (29), cinco deles tinham voltado para a unidade.

De acordo com a Funase, os internos fugiram após provocar um tumulto em um espaço de convivência da Case Timbaúba. Com a chegada de policiais militares do 2º Batalhão e do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati), a confusão no local foi controlada. A Coordenadoria de Segurança da Funase também foi até a unidade por conta do ocorrido, que não deixou feridos.

“No momento do ocorrido, o Case Timbaúba abrigava 72 jovens, número dentro do limite de sua capacidade. A Funase, por meio de sua Corregedoria, vai apurar as responsabilidades pelo caso. Neste domingo, as visitas de familiares aos internos ocorrem normalmente”, informou a Funase, por meio de nota.

Após rondas na região em busca dos socioeducandos que fugiram, a Polícia Militar recapturou três internos. Os outros dois que voltaram à unidade foram levados por parentes.


Com corda feita de lençóis, 13 adolescentes fogem de unidade da Funase na Zona da Mata de PE Com corda feita de lençóis, 13 adolescentes fogem de unidade da Funase na Zona da Mata de PE Reviewed by Josenildo Batista on domingo, abril 29, 2018 Rating: 5

Anuncie Aqui!

JB NOTÍCIAS © Copyright 2017. Tecnologia do Blogger.