ASTROTUR informa aos seus passageiros que já está em pleno funcionamento os novos horários que atenderão ao festival de inverno de Garanhuns com ônibus saindo da rodoviária de Bom Conselho às 18:40hs com retorno às 05:30hs da manhã. Na compra da sua passagem ida e volta você recebe um desconto promocional e só paga 16,00 reais..... Para quem é estudante, apresentando a carteirinha nacional paga apenas 4.50 ( por passagem para Garanhuns).

COLUNA ENSAIO GERAL: O PISTOLEIRO


O Coronel José Abílio líder político mais famoso de nossa terra, como não poderia deixar de ser, tinha seus capangas, para executar as suas ordens. O meu tio Gervásio Pires foi o seu principal adversário, tinha temperamento totalmente diferente do Coronel.

O Coronel usava a força para alcançar o seu objetivo e meu tio usava as palavras. Pois bem, tinha na calçada da Assembleia Legislativa do estado de Pernambuco tinha um grupo de ENGRAXATES, e meu tio como deputado tinha seu engraxate favorito, e fez com ele uma grande amizade.

Este engraxate vivia pedindo ao meu tio que levasse ele para conhecer nossa cidade - tanto ele pediu - que meu tio trouxe o engraxate para passar uns dias em sua casa, que ficava localizada na Rua 7 de Setembro aonde hoje é o escritório de Dr. Renato Curvelo.

A casa tinha uma varanda com um pequeno muro vasado, que as pessoas se debruçavam sobre ele para olhar o movimento, este era o lugar que o engraxate ficava quase todo dia. O cidadão era baixinho, cor branca, franzino e usava um chapéu de aba pequena. Logo surgiu a história que meu tio tinha trazido um pistoleiro do sertão, homem brabo com muitas mortes nas costas, se desse um tiro no olho e pegasse na pestana para ele tinha perdido o tiro. Os mais fofoqueiros diziam que só ele, valia por 10 dos homens do Coronel. A história chegou aos ouvidos do Coronel, que ficou impaciente.

A loja do meu avô seu José Correntão (irmão do deputado Gervásio Pires) ficava na calçada da casa do Coronel, que toda vez que tinha de passar por ela entrava e dava um dedo de prosa com meu avô, mesmo eles sendo adversários políticos, mantinha um bom relacionamento, o curioso era que o Coronel chamava meu avô de BRIZOLA. O Coronel como quem não quer nada entrou na loja e iniciou uma conversa, e no final indagou se era verdade que Gervásio tinha trazido um amarelo franzino, pistoleiro fino do sertão – para melhor compreender a questão, devo explicar ao leitor - que uma parte de nossa família os “Pires”, tem origem nas cidades de Tabira e Afogado da Ingazeira, e lá eles sempre foram muito forte politicamente e na valentia.

Meu avô deu uma bela gargalhada e disse ao Coronel que não era nada disso, pois, meu tio não era homem de andar com pistoleiro, o cidadão que estava na casa dele era o engraxate dele na Assembleia legislativa. Vejam meus leitores, o todo poderoso CORONEL JOSÉ ABÍLIO que sempre tinha por trás de si um monte de capangas, pintando e bordando em nossa cidade, se cagando de medo de um simples ENGRAXATE ah ah ah ah.

COLUNA ENSAIO GERAL: O PISTOLEIRO COLUNA ENSAIO GERAL: O PISTOLEIRO Reviewed by Josenildo Batista on segunda-feira, abril 09, 2018 Rating: 5

Anuncie Aqui!

JB NOTÍCIAS © Copyright 2017. Tecnologia do Blogger.