Mulher que matou dois filhos é condenada a 80 anos de prisão



A mulher que matou dois dos três filhos há 9 anos foi condenada, na noite desta segunda-feira (19), a 80 anos de prisão. Arlene Régis dos Santos vai continuar cumprindo pena no Manicômio Judiciário.

Ao final do júri popular que aconteceu no Fórum da Capital, no Barro Duro, em Maceió, o juiz John Silas, que presidiu a sessão e proferiu a sentença, disse que a pena corresponde a questões qualificadoras do crime.

“A pena base foi de 20 anos, mas teve aumentos e qualificadoras para cada filho. Ela foi condenada a 40 anos por matar cada filho. Como são dois, coube a pena de 80 anos”, esclareceu o juiz.

O magistrado disse ainda que Arlene deve continuar internada em um centro psiquiátrico, mesmo com a prisão preventiva.

“Até um novo laudo, ela deve permanecer lá mesmo com a prisão decretada. Ela tem um transtorno que precisa ser tratado. Não é só jogar na cadeia. O laudo pericial e os jurados entenderam que ela era plenamente capaz de entender o ato ilícito feito por ela à época do crime”, enfatizou o juiz.

O pai das crianças, Abelardo Pedro Nobre contou que havia pedido a separação antes dos assassinatos. Em juízo, ele detalhou a relação conturbada que tinha com a ré e também falou da carta encontrada após o crime, escrita por Arlene, que explicava os motivos do crime.

Crime
No dia 29 de setembro de 2009, Arlene estrangulou Antony Pedro Santos Nobre, de 7 anos, e esfaqueou Abelardo Pedro Neto, de 12. Ela foi presa em um centro psiquiátrico, recebeu alvará de soltura, mas a família preferiu mantê-la em tratamento.

No início do julgamento, ela chegou acompanhada de um policial militar e de uma enfermeira. O juiz fez perguntas básicas, como nome e idade, mas ela não respondeu e permaneceu em silêncio.

Mulher que matou dois filhos é condenada a 80 anos de prisão Mulher que matou dois filhos é condenada a 80 anos de prisão Reviewed by Josenildo Batista on segunda-feira, março 19, 2018 Rating: 5

Anuncie Aqui!

JB NOTÍCIAS © Copyright 2017. Tecnologia do Blogger.