Tecnologia do Blogger.

DESTAQUES

TV WEB JB NOTÍCIAS

POLICIAL

CULTURA

SAÚDE

EVENTOS

ESPORTES

EMPREGOS

EDUCAÇÃO

POLÍTICA

PREFEITURA

» » COLUNA ENSAIO GERAL: ANÁLISE DO CARNAVAL 2018

Por Alexandre Tenório

Mais um carnaval que passou, vamos analisar esta importante festa para a nossa cidade. É pena que o atual administrador não tenha esta visão. O carnaval de 2018 ficará na história, como aquele que o poder público desprezou totalmente, até mesmo o tradicional carnaval da Rainha Isabel não recebeu nenhuma atenção da atual administração.

As prévias deram um tom positivo ao nosso combalido carnaval, e se firmaram como o momento em que nossa população que gosta de carnaval, tem para brincar a festa de momo.
XIPÊ

Este tradicional bloco de rua que durante as décadas de 70,80 e 90 dominou o nosso carnaval. Voltou em forma de prévia, no ano passado. Este ano deu um show nas ruas de nossa cidade, no sábado que antecede o de Zé Pereira.
O ano passado brincaram menos de 100 foliões, este ano chegou a quase 400 - entre velhos e novos foliões. Sem sombra de dúvida com o sucesso deste ano, o XIPÊ se consolidou como uma prévia importante do nosso carnaval, parabéns aos organizadores, que na figura de Mônica Peroba saúdo a todos.


CARNAVAL DO BECO

Ao completar 9 anos, esta tradicional prévia, que nos faz relembrar os grandes bailes de carnaval no CLUBE DOS 30. Resistiu mais um ano a todos os fatores externos e inovou com o BECOKIDS, foi uma ideia maravilhosa que temos certeza que irá vingar, principalmente que estaremos preparando o folião do futuro.

Chegou o momento de nós repensarmos a data desta prévia, pois, o XIPE realmente diminuiu muito a quantidade de foliões no beco. Estive conversando logo após a festa, com uma das organizadoras, e expus minha visão de que o CARNAVAL DO BECO deveria ser no segundo sábado que antecede o de Zé Pereira, ou seja, a primeira prévia do nosso carnaval, seria o CARNAVAL DO BECO, tenho certeza que esta mudança seria muito bem vinda, pois, nesta data não teríamos nenhuma prévia para concorrer.

CARNAVAL DE ZÉ PULUCA

Este ano houve uma participação muito maior de foliões, fazendo com que a alegria fosse total. Porém algumas falhas foram notadas, falhas que facilmente serão corrigidas pelo o senhor Carlos Alberto.  Gostaria que o amigo comparecesse na minha loja para que possamos conversar sobre estas falhas que devem ser corrigidas e algumas dicas que eu tenho para que a mais importante prévia do nosso carnaval, no próximo ano esteja muito melhor, de antemão reitero o apoio de ELETROMOVEIS MAGAZINE para o próximo carnaval.


BLOCO DAS VIRGENS

O que era uma brincadeira despretensiosa de alguns amigos se tornou num estrondo total de animação e irreverência. Este ano com um trio elétrico, esta prévia alcançou o ápice, sem sombra de dúvida colocou nas ruas uma multidão incalculável de pessoas, é pena a música tocada não ter nada haver com o carnaval de Pernambuco, este é, sem sombra de dúvida o ponto fraco do BLOCO.

O CARNAVAL

Apenas alguns abnegados saíram às ruas, que estiveram totalmente vazias. Quero parabenizar ao incansável Zé Márcio do GINGA SAMBA, por mais um ano com este tradicional bloco de rua, que insiste a não se render ao final do nosso carnaval.

O pessoal do sindicato através do seu presidente Givaldo Cavalcante esteve em todo lugar que tinha alguém brincando e pagando toda conta, como sabemos Givaldo é candidatíssimo a prefeito do nosso município. A grande ausência foi o pessoal da prefeitura que sendo este ano, um ano político não deu as caras em canto nenhum de nossa cidade.

Para finalizar, quero dizer que tivemos um carnaval tranquilo com poucos incidentes, e esperamos que a atual administração do nosso município reveja seu conceito de carnaval e no próximo ano faça um grande carnaval.

Sabemos da dificuldade que passam as prefeituras, com a queda do FPM, é um fator que impede de fazer um grande carnaval, porém, carnaval pode ser feito com pouca coisa, como se diz - bateu numa lata se faz o carnaval.

Como sempre fiz durante os meus 56 anos de existência, fico no carnaval de nossa cidade, pois, mesmo não tendo praticamente nada, brinco em casa com alguns amigos e familiares, tocando o autêntico frevo pernambucano e tomando todas que se tem direito, até o próximo carnaval se DEUS QUISER.





«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre essa matéria: