Tecnologia do Blogger.

DESTAQUES

TV WEB JB NOTÍCIAS

POLICIAL

DIVERSOS

SAÚDE

EVENTOS

ESPORTES

NOVIDADES

EDUCAÇÃO

ELEIÇÕES 2018

PREFEITURA

» » » POLICIA CIVIL DE BOM CONSELHO ESCLARECE CASO DE SUPOSTA TENTATIVA DE ESTUPRO


O presidente da Associação dos moto taxistas de Bom Conselho Cosme Gomes, em nome de todos os associados agradece ao delegado doutor Alex Almeida pelos esclarecimentos do caso supostamente ocorrido a seis meses atrás quando o nome da categoria foi citada de forma indevida por uma pessoa proveniente da cidade de Palmeira dos Índios, onde segundo a acusadora em depoimento á polícia, um mototaxista teria tentado violenta-la.

O caso ficou sob investigação da policia civil de Bom Conselho e sob o comando do competente delegado Dr. Alex Almeida, que não mediu esforços para esclarecer esse suposto incidente. Diante das alegações da suposta vítima, quando confrontadas com os fatos apurados pela investigação, nada foi constatado, fato este que causou indignação aos membros da associação naquela ocasião, e com toda razão, haja vista que jamais algum componente dos mototaxistas de Bom Conselho faltou sequer com respeito a algum bonconselhense ou visitante que procura a nossa cidade e os serviços da classe.

Mesmo assim, o Presidente da Associação pediu urgência na apuração do caso para que enfim pudesse ser esclarecida esta situação! Intimada para dar esclarecimentos, a suposta vítima jamais compareceu. Prova mais que concreta de que aquela história estava mal contada.

O fato é que em momento algum nenhuma pessoa de bom senso sequer suspeitou ou duvidou da integridade destes trabalhadores, muitos destes, chefes de família, que honram o seu nome e o da categoria, e jamais agiriam de forma contrária. Se houve alguém que tentou manchar ou por em dúvida a moral destes homens, esta pessoa foi a denunciante, que acusou, mas nunca provou.

Ficou uma lição em tudo isso: Muito cuidado com aquilo que falamos ou com o que ouvimos. Nunca julgar alguém ou algo por meras suposições. Mesmo que existam motivos para isso, quem somos nós para julgar o outro? Para isso é que as autoridades foram constituídas. 

*Crédito foto: Blog do Alberto Barbosa  

«
Anterior
Postagem mais recente
»
Próximo
Postagem mais antiga