Os Bonecos Gigantes de Olinda e Bom Conselho: Patrimônio Cultural e imaterial do nosso povo!


Os bonecos gigantes de Olinda deram inicio na pequena cidade de Belém do São Francisco no Sertão do Estado de Pernambuco, através de um jovem que ouvia atento as narrativas de um padre Belga sobre o uso de bonecos nas festas religiosas da Europa.

Ganhou as ladeiras de Olinda em 1932, com a criação do Homem da Meia noite, que foi confeccionado pelas mãos dos artistas plásticos Anacleto e Bernardino da Silva. Em 1937 surge a Mulher do meio dia, em 1974 foi à vez do Menino da Tarde pelas mãos do artista plástico Silvio Botelho.

Os bonecos são representações de importantes personalidades histórica do mundo, como políticos, músicos, atletas e artistas são transformados em arte para serem símbolos do carnaval Olindense.

Atualmente os bonecos permanecem em exposição o ano inteiro na Embaixada de Pernambuco Bonecos Gigantes de Olinda, localizada na Rua do Bom Jesus no Recife Antigo. 


E na cidade de Bom Conselho, agreste pernambucano, há os bonecos gigantes do Carnaval de Zé Puluca, que homenageia personalidades locais como por exemplo: “Pedro de Lara, o Sanfoneiro Basto Peroba, o cantador de coco Mestre Galo Preto, O maestro Puluca, O carnavalesco Tonho de Dinda, O comerciante Ivan Crêspo, o político Audálio Ferreira, e o  dramaturgo, romancista, ensaísta, poeta e professor Ariano Suassuna, que exerceram papéis de grande importância seja por exercer funções que marcaram o cotidiano do nosso povo, ou pelo trabalho incansável de tornar conhecido o nome e a cultura do povo de Bom Conselho para outras regiões do nosso país. Movimento que vem ganhando notoriedade e reconhecimento até da Europa, como foi o caso do convite que a entidade bonconselhense recebeu para participar de um grandioso evento, no Festival Internacional de Gigantes em Steenvoorde na França.


Em Bom Conselho, o "Carnaval de Zé Puluca" foi Instituído e incluído no Calendário Oficial de Datas e Eventos do município mediante Projeto de Lei Nº 002/2015 do então vereador Geninho Tavares, passando a referida manifestação carnavalesca a ser Patrimônio Cultural Imaterial de todo município de Bom Conselho.
Por isso, vale a pena conferir de perto toda a beleza desses grandões seja na capital do estado, ou em Bom Conselho, no interior.

Os Bonecos Gigantes de Olinda e Bom Conselho: Patrimônio Cultural e imaterial do nosso povo! Os Bonecos Gigantes de Olinda e Bom Conselho:  Patrimônio Cultural  e imaterial do nosso povo! Reviewed by Josenildo Batista on sábado, agosto 05, 2017 Rating: 5

DECOLITUR

MAMFONLINE - SITE PARCEIRO DO JB NOTÍCIA

Anuncie Aqui!

JB NOTÍCIA © Copyright 2017. Tecnologia do Blogger.