Anuncie conosco

Cartão reforma poderá beneficiar 11 mil famílias em Pernambuco


Cerca de 11 mil famílias em Pernambuco poderão receber R$ 75,9 milhões pelo Cartão Reforma que vai disponibilizar recursos da União doados às pessoas de baixa renda para pequenas melhorias nas suas moradias. Os números são da assessoria de imprensa do Ministério das Cidades. Ontem, foi lançado o portal do programa, em Brasília. Nele, constam as regras para os municípios, Estados e o credenciamento para os lojistas que vão participar da iniciativa.

Os Estados e municípios vão indicar as áreas onde moram as famílias a serem beneficiadas pelo programa. Até o fim deste mês, deve ser lançado o edital do Cartão Reforma definindo mais regras para a utilização dos recursos. Num primeiro momento, poderão ser contemplar cerca de 170 mil famílias em todo o País.

A iniciativa foi aprovada pelo Congresso, em abril último, com um orçamento de R$ 1 bilhão. No entanto, esse montante diminuiu devido aos cortes orçamentários e deve ficar entre R$ 500 milhões e R$ 700 milhões, a serem liberados no segundo semestre deste ano em todo o Brasil.

Os benefícios poderão variar entre R$ 2 mil e R$ 9 mil por família. A expectativa do Ministério das Cidades é de que o valor médio seja de R$ 5 mil. Os recursos poderão ser gastos somente com material de construção. A mão de obra para fazer a reforma deve ser bancada pela família, como uma contrapartida.

As famílias a serem contempladas devem apresentar uma renda mensal de até R$ 2.811. Terão prioridade os grupos familiares chefiados por mulheres, os de renda mais baixa ou que tenham um idoso ou pessoa com deficiência.

Além dos recursos a serem empregados na compra do material de construção, o governo federal via Ministério das Cidades deve liberar um recurso para a assistência técnica e fiscalização das reformas. Pelo que foi divulgado ontem, a iniciativa terá a seguinte sistemática: as famílias interessadas procuram o setor de habitação da prefeitura local e dizem qual o tipo de reforma necessária ao imóvel. Os fiscais vão ao local e somente depois de uma avaliação liberam os recursos para a família. Eles também vão verificar se a reforma foi realizada.

Além dos recursos para as famílias (R$ 75,9 milhões), podem ser liberados R$ 11,3 milhões para os serviços de assistência técnica e fiscalização do programa. Isso significa que somente em Pernambuco poderão ser injetados R$ 87,2 milhões.

Segundo informações que o ministro das Cidades, Bruno Araújo, o lançamento do cartão ocorrerá no final de junho em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Deputado federal pelo PSDB, o ministro é um provável candidato a governador do Estado na próxima eleição.

Crescimento – As vendas no varejo de material de construção aumentaram 3% no primeiro quadrimestre de 2017, na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo a Pesquisa Tracking Mensal da Anamaco, que escutou 530 lojistas entre os dias 25 a 30 de abril. No entanto, houve uma retração de 8% no acumulado dos últimos 12 meses.

O setor considerou que o movimento de abril foi estável, comparando com o mesmo mês do ano passado. “Tivemos um março muito superior ao do ano passado, por isso já esperávamos retração no mês de abril, que é de vendas mais modestas, se comparado ao restante do ano. Os diversos feriados, assim como a tensão gerada pela greve em plena sexta-feira, véspera de um feriado longo, prejudicaram o desempenho no final do mês”, explica o presidente da Anamaco, Cláudio Conz.


Jornal do Commercio
Cartão reforma poderá beneficiar 11 mil famílias em Pernambuco Cartão reforma poderá beneficiar 11 mil famílias em Pernambuco Reviewed by Josenildo Batista on maio 04, 2017 Rating: 5

MAMFONLINE - SITE PARCEIRO DO JB NOTÍCIA

Anuncie Aqui!

JB NOTÍCIA © Copyright 2017. Tecnologia do Blogger.