Agora estamos tornando nosso site mais acessível através do áudio. Desejamos que você leitor goste da novidade, pois estamos trabalhando para melhorar ainda mais nossos serviços. Ao clicar na barra de áudio escrito “ouça este conteúdo” ouvirá na íntegra o texto da matéria desejada.

MORRE MANIFESTANTE BALEADO POR PM DURANTE PROTESTO CONTRA A VIOLÊNCIA, EM ITAMBÉ


Morreu na madrugada desta terça-feira, no Hospital Miguel Arraes (HMA), em Paulista, Edvaldo da Silva Alves, de 19 anos. O jovem havia sido baleado por um policial militar durante uma manifestação contra a violência no município de Itambé. Ferido na coxa, ele foi submetido a várias intervenções, a sessões de hemodiálise e passou a respirar com ajuda de aparelhos.

No boletim de saúde divulgado ontem, a equipe médica atestava que o paciente, internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde o dia 17 de março, apresentava uma melhora lenta, mas progressiva no quadro respiratório, e a cada dia precisava menos do suporte mecânico de respiração. No entanto, Edvaldo vinha apresentando febre, o que representava ainda um quadro não resolvido de infecção e por isso continuava utilizando antibióticos.

Caso – No dia 17 de março, Edvaldo participava de um protesto contra a insegurança em Itambé, na rodovia PE-75, quando foi alvejado por um disparo efetuado após um PM fazer menção a quem levaria um tiro primeiro. Alvejado, sangrando, acabou sendo arrastado por PMs, sendo agredido e jogado na caçamba de uma viatura e depois socorrido para o Hospital Miguel Arraes.

As cenas foram gravadas num vídeo e disponibilizados pela Internet, com um áudio em que moradores do município gritavam contra a ação da PMPE num protesto pelo qual clamavam por policiamento e segurança contra assaltantes. Estudantes e outros moradores da área queimaram pneus e pedaços de madeira, interditando a PE-75 entre os municípios de Itambé e Goiana. PMs tentavam liberar a rodovia, sem sucesso, quando ocorreu o incidente.

A Secretaria de Defesa Social informou que instaurou um inquérito policial e um procedimento administrativo para apurar o disparo efetuado por um policial militar contra um manifestante durante um protesto por segurança realizado na sexta-feira passada, no distrito de Caricé, município de Itambé, na Mata Norte. Em nota, a pasta acrescentou que desde o dia da ocorrência o caso está sendo investigado pela Delegacia de Itambé.  “As ouvidas de testemunhas, tanto dos policiais militares quanto dos manifestantes que estavam no local, já foram iniciadas e continuarão até o esclarecimento dos fatos. É importante esclarecer que em casos de ação penal pública incondicionada, como o fato em Itambé, não é necessário prestar queixa na delegacia. O processo é aberto independentemente de representação. Mesmo assim, o Boletim de Ocorrência (BO) foi realizado e as investigações correm com celeridade. O Comando Geral da Polícia Militar abriu Inquérito Policial Militar para apurar a conduta dos servidores, que foram retirados das funções de policiamento ostensivo até a apuração completa dos fatos. A Corregedoria da SDS também está atuando no caso”, diz o documento.

MORRE MANIFESTANTE BALEADO POR PM DURANTE PROTESTO CONTRA A VIOLÊNCIA, EM ITAMBÉ  MORRE MANIFESTANTE BALEADO POR PM DURANTE PROTESTO CONTRA A VIOLÊNCIA, EM ITAMBÉ Reviewed by Josenildo Batista on terça-feira, abril 11, 2017 Rating: 5

Anuncie Aqui!

JB NOTÍCIAS © Copyright 2017. Tecnologia do Blogger.