Polícia trata como 'questão de honra' prender estuprador de menina em SP

Garota foi encontrada morta em Santos (Foto: Reprodução/Facebook)

O assassinato da menina Carla Roberta, de 9 anos, que ocorreu em Santos, no litoral de São Paulo, no mês passado, segue intrigando os investigadores que cuidam do caso. A morte da garota, que também foi estuprada e abandonada em um terreno, completou um mês nesta quarta-feira (1) e a solução virou um 'caso de honra' para a polícia.

Carla foi achada morta na noite do dia 29 de janeiro. Ela estava com a roupa levantada, sem calcinha, e exames feitos posteriormente pelo Instituto Médico Legal confirmaram que ela havia sido estuprada. Pouco tempo antes do crime, câmeras de monitoramento registraram um homem perseguindo a criança, mas não há provas do envolvimento dele com o crime.

O corpo da jovem foi encontrado bem perto da casa onde ela morava, no Centro de Santos. Pouco antes do crime, ela havia saído, sozinha, para brincar com outras crianças. Como demorou para voltar, os familiares foram investigar e foram informados por uma pessoa de que um corpo de uma criança havia sido deixado em um terreno.

As investigações seguem sendo feitas pela equipe do delegado Renato Mazagão Júnior. Em entrevista ao Jornal A Tribuna, de Santos, ele afirmou que a elucidação do caso é uma questão de honra para a polícia. "Para nós policiais, a elucidação do caso significa ponto de honra. Esperamos fazer essa divulgação em breve", disse.

*Do G1 Santos
Polícia trata como 'questão de honra' prender estuprador de menina em SP Polícia trata como 'questão de honra' prender estuprador de menina em SP Reviewed by Josenildo Batista on quinta-feira, março 02, 2017 Rating: 5

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM CONSELHO

SUNDOWN PARK EM SALOÁ /PE - AQUI A DIVERSÃO É GARANTIDA

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM LAVADORAS DE TODAS AS MARCAS E MODELOS

COMPRE AGORA A SUA PASSAGEM AÉREA - CLIQUE NO BANNER

FILMAGENS É COM SAMU DO DRONE, VOANDO CADA VEZ MAIS ALTO

MAMFONLINE - SITE PARCEIRO DO JB NOTÍCIA

Anuncie Aqui!

JB NOTÍCIA © Copyright 2017. Tecnologia do Blogger.